destaques
conteúdo
publicidade
editorial
Ou vai ou racha

O mês de setembro vai ser a prova de fogo para o mercado de arte em 2014. Isso quer dizer, para São Paulo e Rio de Janeiro, visto que, infelizmente, fora dessas duas escalas da ponte aérea, o mercado ainda precisa mostrar seu valor...
As esperanças dos paulistanos estão depositadas na movimentação do circuito gerada pela 31ª Bienal de São Paulo, que abre para o público em 6/9 no Parque do Ibirapuera. A entrada é franca. Mas até agora há pouca conversa entre a Bienal e o mercado de arte. Enquanto o tema do evento curado pelo escocês Charles Esche é “Como Falar de Coisas que não Existem”, os galeristas querem falar de coisas que existem: aluguéis, salários, impostos e contas, muitas contas... Para depois, quem sabe, falar de lucro.
Uma semana após depois da abertura da Bienal, o Brasil desembarca no Rio para a 4ª edição da feira ArtRio, que acontece entre 10 e 14/9, no Píer Mauá. Ingressos a R$ 30,00. Simultaneamente, a cidade abriga a 3ª edição da feira Artigo, no Armazém 6 do Porto do Rio. Ingressos a R$ 15,00. E como se não bastassem as duas feiras, a ArtRio deve ainda promover, nos mesmos dias, a 1ª edição da feira de design e arte Ida Rio, que vai ocupar as suítes de luxo do hotel All Marina Suítes, no Leblon. Haja fôlego!
Mas mudando de assunto e voltando para São Paulo, o que aconteceu com o Masp? Depois daquele bafafá, que deu um chega prá cá na decana administração do museu e que aventou a possibilidade de Heitor Martins (ex-presidente da Bienal) assumir a direção daquela nau à beira do naufrágio, não se falou mais sobre o assunto...
Afinal, o que aconteceu com a dívida milionária do Masp? Martins vai assumir ou não? E o museu vai deixar o centenário de Lina Bo Bardi passar em branco? Parece que sim! O site do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi lista exposições comemorativas em São Paulo, Munique, Roma, Nova York, Zurique e Uberlândia, mas não fala nada do Masp!!! Isso é uma vergonha!
O Mapa das Artes agradece a Blau Projects e o artista Andrei Thomaz pela cessão de uso da imagem da fotografia “Rua Almirante Marques Leão” (imagem gerada a partir do software Ampulheta, também criação do artista), que ilustra a capa desta edição.
|
Celso Fioravante
Editor
mapadasartes@uol.com.br