destaques
conteúdo
publicidade

A CASA MUSEU DO OBJETO BRASILEIRO (nova sede)

  • A mostra Renda-se reúne trabalhos de estilistas e comunidades rendeiras, reunidos no intuito de valorizar a identidade brasileira na moda e promover autossustentabilidade das artesãs. Participam Walter Rodrigues, Lino Villaventura, Adriana Barra e André Lima, Amapô e Samuel Cirnansk, Neon/ Dudu Bertholini e Huis Clos, Liana Bloisi e Elita Catarina Ramos, Martha Medeiros, Ronaldo Fraga, Alexandre Herchovitch e as marcas Cavalera e Zuzu Angel (de 13/04/15, das 19h às 22h30, a 28/06/15).
  • Pinheiros: Avenida Pedroso de Morais, 1.216, tel. (11) 3814-9711. Ter., a sex., 10h/19h; sáb., e dom., 10h/18h. www.acasa.org.br | acasa@acasa.org.br

ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDICINA

  • A Sala Modernista exibe mostra permanente com mais de 60 obras, datadas entre o período de 1930 a 2009, de Alex Flemming, Aldemir Martins, Aldo Bonadei, Anita Malfatti, Caciporé Torres, Claudio Tozzi, Di Cavalcanti, Maria Bonomi, Tarsila do Amaral, Alfredo Volpi, José Pancetti, Lasar Segall, Flávio de Carvalho, José Antonio da Silva, Cândido Portinari e outros.
  • Bela Vista: av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278, 8º andar, tel. (11) 3188-4304. Seg. a sex., 9h/19h. www.apm.org.br

CAIXA CULTURAL | PRAÇA DA SÉ

  • Casa Brasileira expõe a trajetória e os desdobramentos da moradia no Brasil, através de 60 obras, algumas inéditas, entre croquis, plantas, fotografias, projetos e ilustrações de arquitetos como Lúcio Costa, Oscar Niemeyer, Paulo Mendes da Rocha, Oswaldo Bratke, Vilanova Artigas, Lina Bo Bardi, Ruy Ohtake e outros. Curadoria de Carlos Eduardo França de Oliveira e Bruno Silveira Carvalho e fotografias de Renato Negrão. Em 10/06/15, às 15h, ocorre uma palestra com os curadores e o lançamento do catálogo (de 16/05/15, às 11h, a 19/07/15).
  • A mostra Ponto de Vista – Coleção Rico Lins de Cartazes Contemporâneos traz cerca de 40 cartazes internacionais da coleção do o designer Rico Lins, de países como França, Áustria, Alemanha, Polônia, Cuba, Espanha e outros. Entre SOS destaques estão trabalhos do francês Alain Le Quernec, austríaco Stefan Sagmeister, e do extinto coletivo francês Grapus, formado por Pierre Bernard, Gérard Paris-Clavel, Alex Jordan e Jean-Paul Bachollet (de 16/05/15 a 19/07/15).
  • Farnese de Andrade, Arqueologia Existencial apresenta a linguagem única e singular do artista, com cerca de 40 obras entre assemblages, gravuras, esculturas e pinturas ao longo dos anos 1970, 1980 e 1990; além de uma cronologia ilustrada, vídeos, objetos de trabalho, material iconográfico e pessoal, textos críticos e fotos. Na abertura ocorre uma visita guiada com o curador Marcus de Lontra Costa (de 16/05/15, às 11h, a 12/07/15).
  • O Museu da Caixa, no sexto andar do edifício, conta a história do prédio, da Caixa, das loterias e de boa parte da economia brasileira. São fotos, mobiliário e equipamentos de agências bancárias desde a década de 1930, além de uma coleção de cédulas e moedas brasileiras.

CENTRO BRASILEIRO BRITÂNICO

  • O 19º Cultura Inglesa Festival apresenta três exposições vencedoras do edital Cultura Inglesa de Artes Visuais. Na exposição “Portrait Gallery”, o artista Mauro Piva recria retratos do acervo da National Portrait Gallery, em Londres, com releituras do pré-renascimento à arte contemporânea. Mas em todas as pinturas o rosto do sujeito retratado não aparece e sua presença é sugerida pelo corpo, roupas e objetos, além de ser trabalhados nas técnicas originais de cada obra (de 14/06/15 a 05/07/15).
  • O artista Tchelo exibe na exposição “Princípia” um cojnunto de trabalhos inspirados nos conceitos discutidos pelo britânico Isaac Newton no livro Philosophiae Naturalis Principia Mathematica. A exposição é composta pela obra “Pontes” de desenho e instalação, feitos com ripas de madeira suspensas devido à tensão gerada pelas paredes opostas, além de instalações inéditas e desenhos de apropriação com imagens do livro (de 14/06/15 a 05/07/15).
  • Em “Utopian News From Nowhere”, Thais Albuquerque Braga apresenta projeto inspirado no livro homônimo de autoria de William Morris. O romance do século 19 se passa em um lugar que não há propriedade privada, autoridade ou sistemas de classes. A partir desse contexto a artista realiza uma intervenção com uma bicicleta-kitsch-trailer que irá rodar durante um mês as ruas de São Paulo e ao final serão expostos os registros colhidos durante o percurso (de 14/06/15 a 05/07/15).
  • O CBB, inaugurado em 2000, foi idealizado pela Cultura Inglesa com o objetivo de reunir atividades relacionadas a cultura, educação, lazer e comércio entre Brasil e Reino Unido. O complexo foi projetado por Botti Rubin e conta com galerias de arte, biblioteca, restaurante, sala de espetáculos e salas de reuniões de algumas instituições, entre elas o Consulado Geral Britânico e a BBC.
  • Pinheiros: r. Ferreira de Araújo, 741, tel. (11) 3035-0500. Seg. a sex., 10h/19h; sáb. e dom., 10h/16h. www.cbb.org.br

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

  • Picasso e a Modernidade Espanhola exibe 85 obras de artistas espanhóis confrontados com 30 trabalhos de Pablo Picasso. São exibidas pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e vídeos de Joan Miró, Salvador Dalí, Julio González, Maria Blanchard e outros. A mostra, vinda do Museu Reina Sofia, de Madri, apresenta ainda esboços da grande tela “Guernica”, de Picasso. Em 25/03/15, às 19h, ocorre a palestra "Picasso e as Experiências na Modernidade Espanhola" (de 25/03/15 a 08/06/15).
  • A exposição “Kandinsky: Tudo Começa num Ponto” narra a trajetória do precursor do abstracionismo, o pintor, pensador e escritor Wassily Kandinsky, que é apresentada em em cinco núcleos e cerca de uma centena de obras e objetos de Kandinsky, seus contemporâneos e suas influências. Esse acervo diverso tem como base a coleção do Museu Estatal Russo de São Petersburgo, enriquecido com obras de mais sete museus da Rússia e coleções procedentes da Alemanha, Áustria, Inglaterra e França. Após ser exibida em São Paulo, a mostra segue para Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo (de 09/07/15 a 28/09/15).

CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO | GALERIA 13

  • A exposição Reunite São Paulo 2015 reúne obras de ex-alunos de instituição residentes na América do Sul da Goldsmiths - University of London. Participam Ricardo Basbaum, Carina Weidle, Catarina Duncan, Liliana Sánchez, Maria Moreira, Cecilia Bergamo, Tamara Poblete, Rafaela Cappai Invasorix / Nina Hoechtl e Naomi Rincón, Centro de Pesquisas Teatrais / Roberta Luchini, Lisandra Arantes, Daniela Sánchez, Danilo Pschera, Tatiana Grinberg, Lilian Bado e Tonico Lemos Auad. As participações especiais são de Cauê Alves, Chico Togni, Ueda e Akin, Vanice Ribeiro e Carlos Jiménez. Curadoria de Lilian Bado. Em 30/05/15, das 16h às 21h, ocorre o finisssage do evento, com uma conversa com o curador e professor Cauê Alves (exposição de 25 a 30/05/15).
  • Vila Mariana: r. Major Maragliano, 413, tels. (11) 5576-7303 e 0800-772-5010. Seg. a sex., 10h/18h. www.belasartes.br

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC | CAMPUS SANTO AMARO

  • A Mostra Fotográfica Paisagens Urbanas: EletriCidade composta por fotografias dos alunos do Centro Universitário Senac, selecionados por convocatória cultural (até 07/05/15).
  • Santo Amaro: av. Eng. Eusébio Stevaux, 823, tel. 5682-7300. Seg. a sex., 8/21h; sáb., 9h/13h. www.sp.senac.br

CORREIOS

  • A mostra Werner Haberkorn e a Fotolabor reúne fotografias, cartões postais e papelaria da histórica agência de fotografia Fotolabor, do engenheiro alemão Werner Haberkorn (1907-1997), que funcionou na avenida São João entre as décadas de 1950 e 1990. As imagens exploram os processos de verticalização, automobilização e transformações em São Paulo do período. Curadoria de Bruna Callegari e Rafael Buosi. Na abertura ocorre um bate-papo com Solange Ferraz de Lima, Ricardo Mendes e o filho do fotógrafo Ernesto Haberkorn (de 11/04/15, às 11h, a 09/06/15).
  • A mostra Marc Chagall, Fábulas de La Fontaine apresenta uma série de 97 gravuras em metal feitas pelo artista russo Marc Chagall, entre 1927 e 1930, inspiras nas fábulas do escritor francês Jean de La Fontaine. Também inclui dez histórias reproduzidas em áudio, a fim de proporcionar a inclusão e a interação ao público. Nos dias 25/04, 09/05, 23/05 e 06/06, a partir das 11h30, ocorrem shows com os músicos Luciano Oze, Ricardo Ramesh e Marco Aurélio. Curadoria de Enock Sacramento (de 25/04/15 a 23/06/15).
  • A mostra Arte Correio apresenta correspondências trocadas entre artistas que deram origem a essa forma de expressão nos anos 60. No Brasil também muitos artistas aderiram a arte postal (mail art) como forma de burlar o sistema e a censura, formulando novas as redes políticas e de comunicação. Na abertura, às 19h, ocorre a pré-estreia da série Brasil Visual, que vai ao ar pela TV Brasil. Na sequência ocorre um bate-papo com os artistas Paulo Bruscky, Falves Silva, Sanzia Pinheiro e Cabelo (a partir de 27/05/15).
  • Centro: av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, tel. (11) 3227-9461. Ter. a dom., 11h/17h. www.correios.com.br

ESPACIO URUGUAY | BANCO DE LA REPUBLICA ORIENTAL DEL URUGUAY

  • Conexões da Arte - Palavra x Imagem apresenta obras de Amélia Piza, Beatriz de Carvalho, Cris Mason, Dacha, Daniel Fontoura, Jaime Baião, Magda Bugelli, Magie Hering, Rita Biagi e Stella Gomide. O livro, que será lançado na mesma data, conta com textos de Enock Sacramento e Oscar D Ambrósio (de 05/05/15 a 05/06/15).
  • Coletiva Internacional apresenta 30 trabalhos de artistas de diversos países cujas obras foram selecionadas para o 3º Salão de Outono da América Latina (de 09/06/15 a 26/06/15).
  • Primeiro Espacio Uruguay construído no exterior, na sede do Banco de la República Oriental del Uruguay, foi inaugurado em 2011, pelo ex-presidente uruguaio José Mujica. O espaço mantém um calendário anual com manifestações artísticas da cultura de países com os quais o Uruguai mantém relações.

GALERIA DE ARTE DO SESI

  • O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica FILE 16ª edição ocupa quatro espaços do local, incluindo a fachada do prédio, e tem todas as atividades gratuitas, diariamente das 10h/20h (de 16/06/15 a 19/07/15).
  • Cerqueira César: av. Paulista, 1.313, estação Trianon-Masp do Metrô, tels. (11) 3146-7405 / 7406. Seg., 11h/20h; ter. a sáb., 10h/20h; dom., 10h/19h. www.sesisp.org.br/centrocultural

GARE CULTURAL | ABRA - ACADEMIA BRASILEIRA DE ARTE - Vila Mariana

  • Na individual “Lavados”, Dilson Cavalcanti apresenta pinturas resultantes do processo da subtração de matéria pela ação da água (de 09/05/15 a 06/06/15).
  • Vila Mariana: r. Áurea, 198, tels. (11) 3564-2695 / 2696. Seg. a qui., 9h/21h; sex., 9h/19h; sáb., 9h/14h. www.abra.com.br/vilamariana

IAC (INSTITUTO DE ARTE CONTEMPORÂNEA)

  • Judith Lauand: os Anos 50 e a Construção da Geometria apresenta por meio de estudos, desenhos, guaches, colagens, xilogravuras, tapeçarias e pinturas, além de fotografias, catálogos e documentação, a produção da artista entre 1950 e 1959, dando ênfase à sua passagem da figuração para a abstração expressionista e, em seguida, para o concretismo. Curadoria de Celso Fioravante (de 14/05/15, das 19h às 21h, a 25/07/15).
  • Vila Mariana: r. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1º andar, tel. (11) 3255-2009. Seg. a sex., 10h/18h; sáb., 10h/16h. www.iacbrasil.org.br

INSTITUTO MOREIRA SALLES

  • Em “Imagem sobre Imagem”, exposição do fotógrafo americano David Drew Zingg (1923-2000), são exibidas 70 imagens integrantes do acervo do fotógrafo, depositado no instituto desde 2012. A curadoria é de Tiago Mesquita (de 14/04/15, às 19h, a 09/08/15).
  • Higienópolis: r. Piauí, 844, tel. (11) 3825-2560. Ter. a sex., 13h/19h; sáb. e dom., 13h/18h. www.ims.com.br

INSTITUTO TOMIE OHTAKE

  • A mostra Tomie Ohtake 100-101 apresenta 30 pinturas criadas pela artista entre seus 100 e 101 anos de vida. Com curadoria de Paulo Miyada, a mostra traz sobretudo pinturas monocromáticas, iniciadas por uma série branca e seguida por séries de cores. Para dimensionar a produção da artista, a exposição exibe também esculturas em metal em que o gesto manual do processo evidencia-se pelas curvas e torções (de 01/04/15, às 20h, a 07/06/15).
  • Joan Miró – A Força da Matéria agrupa, em três segmentos cronológicos, 41 pinturas, 22 esculturas, 20 desenhos, 26 gravuras e objetos do artista catalão (1893-1983). Entre as décadas de 30 e 40, Miró manifesta o interesse pela matéria durante a Guerra Civil Espanhola e da Segunda Guerra Mundial. Já nos anos 50 e 60 surge a presença maior de técnicas variadas que o levou a trabalhar em esculturas; enquanto a partir de 1970 são apresentados suportes inusitados e as gravuras, que indicam o constante desafio dos padrões e da técnica (de 23/05/15, das 11h às 18h, a 16/08/15).

ITAÚ CULTURAL

  • A exposição Do Objeto para o Mundo – Coleção Inhotim é primeiro grande projeto do instituto mineiro Inhotim fora de Brumadinho (MG). A mostra traça um arco cronológico da arte da década de 1950 até a atualidade. Com curadoria do diretor de programas culturais da instituição, Rodrigo Moura, e da curadora portuguesa Inês Grosso, o recorte se foca no estilo neoconcreto, representado por mais de 50 obras de 29 artistas, brasileiros e estrangeiros. Participam, entre outros, André Cadere, Anri Sala, Artur Barrio, Chris Burden, Cildo Meireles, Daniel Steegmann Mangrané, David Lamelas, Décio Noviello, Hélio Oiticica, Iran do Espírito Santo, Jorge Macchi, Lygia Clark, Lygia Pape, Marcellvs L., Michel Smith, Raquel Garbelotti, Rivane Neuenscwhander e TsurukoYamasaki. Na inauguração da mostra para convidados, em 01/04/15, às 20h, ocorre uma série de performances dirigidas pela coreógrafa norte-americana Ellen Davis. Em 02/04/15, às 20h, o argentino David Lamelas e o norte-americano Michael Smith participam de uma conversa aberta com o público – em inglês, com tradução simultânea para o português; 80 vagas. Em 19/05/15, às 19h30, ocorre uma conversa aberta sobre a exposição, com a presença do curador Rodrigo Moura, o artista Marcius Galan e o crítico de arte Tiago Mesquita. Mediação de Morgana Rissinger (de 01/04/15, às 20h, a 31/05/15).
  • Ocupação Dona Ivone Lara homenageia a diva do samba carioca, 94 anos, com fotos, canções e documentos (de 16/05/15, às 11h, a 21/06/15).
  • Ocupação Vilanova Artigas comemora o centenário de nascimento do arquiteto e urbanista com croquis, fotografias, maquetes e brinquedos que criou para os netos (de 23/06/15 a 09/08/15).
  • O espaço, que sempre realiza exposições de arte, conta também com uma midiateca voltada à arte e cultura brasileiras e composta por biblioteca (fechada para reformas), videoteca, hemeroteca e cedeteca, reunindo um acervo de 40 mil títulos. Visitação: ter. a sex., 12h/20h; sáb., 10h/19h. Já a Itaú Numismática reúne mais de 2 mil objetos expostos, entre moedas portuguesas e brasileiras, medalhas e condecorações. Visitação: ter. a qui., 10h/17h; qua., 11h/21h; sex. e sáb., 10h/19h.
  • Cinco séculos de arte brasileira estão reunidos em dois andares da instituição, o Espaço Olavo Setubal – Coleção Brasiliana Itaú exibe permanente parte da coleção do banco. São obras fundamentais que percorrem desde o descobrimento até o final do século XX. 1300 itens, entre pinturas, gravuras, documentos históricos, livros, incluindo trabalhos de inestimável valor histórico. O espaço abriga também a coleção de numismática da instituição, que traça um amplo panorama das moedas cunhadas e que tiveram circulação pelo país, entre outras curiosidades (a partir de 13/12/14, às 11h).
  • Cerqueira César: av. Paulista, 149, estação Brigadeiro do Metrô, tels. (11) 2168-1700 / 1777. Ter. a sex., 9h/20h; sáb. e dom., 11h/20h. http://novo.itaucultural.org.br

MAB (MUSEU DE ARTE BRASILEIRA) | FAAP | CENTRO

  • O espaço fica no Edifício Lutetia, de propriedade da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado). É um projeto de Ramos de Azevedo (1851-1928) inaugurado na década de 1920. A construção faz parte de um conjunto de três prédios independentes com uma fachada única, tendo oito pavimentos, mais o térreo e o subsolo, em um terreno de 256 m². Além disso, o edifício possui oito lofts que hospedam artistas brasileiros e estrangeiros, estudantes de artes plásticas, em projetos de intercâmbio cultural.
  • Centro: Praça do Patriarca, 78, Edifício Lutetia, tel. (11) 3101-1776. Ter. a sáb., 10h/18h. www.faap.br/museu

MAB-FAAP (MUSEU DE ARTE BRASILEIRA DA FUNDAÇÃO ARMANDO ALVARES PENTEADO)

  • Festival des Métiers é uma demonstração aberta ao público realizada por artesãos de Les Ateliers de Lyon, com impressões e fabricação de diversas peças do atelier Hermès (de 29/05/15 a 07/06/15).
  • Agatha vs Agatha apresenta a produção de Agatha Ruiz de La Prada, que iniciou sua carreira na moda em 1980, e traz 55 looks recentes (de 22/06/15 a 23/08/15).
  • O MAB-Faap, inaugurado em 1960, mantém em acervo obras de artistas modernistas como Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Víctor Brecheret, Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Ernesto De Fiori, Guignard, Cícero Dias e Alfredo Volpi; e de artistas de períodos posteriores como Tomie Ohtake, Evandro Carlos Jardim, Arcângelo Ianelli, Franz Weissmann, Amílcar de Castro e Nicolas Vlavianos; além de trabalhos de artistas da arte brasileira atual, como Sandra Cinto, Albano Afonso e Cláudio Mubarac.
  • Higienópolis: r. Alagoas, 903, tel. (11) 3662-7198. Ter. a sex., 10h/20h; sáb. e dom., 13h/17h. www.faap.br/museu

METRÔ | ESTAÇÃO CORINTHIANS-ITAQUERA

  • Produzido por Cinemagia, a estação abriga a mostra do Projeto Encontros – Memorial do Corinthians (mostra de longa duração).

METRÔ | ESTAÇÃO LIBERDADE

  • Vitrine de Ikebana (mostra de longa duração).

MuBA | MUSEU BELAS ARTES DE SÃO PAULO

  • Judith Lauand: Os Anos 50 e a Construção da Geometria apresenta por meio de estudos, desenhos, guaches, colagens, xilogravuras, tapeçarias e pinturas, além de fotografias, catálogos e documentação, a produção da artista entre 1950 e 1959, dando ênfase à sua passagem da figuração para a abstração expressionista e, em seguida, para o concretismo (de 14/05/15, às 19h, a 01/08/15).
  • O museu do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo mantém em acervo desenhos, pinturas e esculturas de artistas como Alfredo Oliani, Tulio Mugnaini, Lopes de Leão, Raphael Galvez, Colette Pujol, Julio Guerra e outros.
  • A instituição passa a abrigar as exposições e atividades de pesquisa do IAC (Instituto de Arte Contemporânea), depois de ter sido desalojado em 2011 de prédio da USP no Centro da cidade.
  • Vila Mariana: r. Dr. Álvaro Alvim, 76, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, tel. (11) 5576-7300. Seg. a sex., 10h/20h; sáb. 10h/16h. www.belasartes.br | www.muba.com.br

RED BULL STATION


  • Resultado de experimentos artísticos criados ao longo de 16 semanas de pesquisas, conversas, palestras e workshops, sob curadoria de Fernando Velázquez, a mostra da 10ª Residência Redbull Station reúne obras de Cezar Sperinde (RS), Ícaro Lira (CE), Lot Amorós (Barcelona / Espanha), Pedro Cappeletti (SP), Sara Não Tem Nome (MG) e Vanessa de Michelis (MG). Os trabalhos, feitos durante esse período de experimentação no prédio histórico da Red Bull Station, no Centro da cidade, discutem temas como drones, rios e imigração em São Paulo. Os artistas da 10ª Residência foram selecionados por Velázquez, pela curadora e artista Giselle Beiguelman e pela arte-educadora e artista Sandra Cinto (de 16/05/15, das 14h às 17h, a 13/06/15).
  • O espaço está instalado em um edifício dos anos 1920, tombado desde 2002 pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) e conta com ateliês individuais, estúdios coletivos e espaço expositivo.

SESC BELENZINHO

  • A mostra “Geraldo de Barros e a Fotografia” reúne 258 obras do designer, pintor e fotógrafo Geraldo de Barros (1923-1998). A exposição resgata aspectos históricos e o caráter experimental da obra fotográfica do artista, com enfoque na relação com as gravuras e pinturas feitas entre os anos 1940 e 1990. A mostra conta com três núcleos e destaca pinturas e as séries “Fotoformas” e “Dobras”. Curadoria de Heloisa Espada (de 07/04/15 a 31/05/15).
  • Trabalhos evocam a desmaterialização, a sublimação da matéria, ou relacionam o impalpável como elemento principal são o mote da exposição Imaterialidade, com curadoria de Adon Peres e Ligia Canongia. Entre os artistas participantes figuram 10 brasileiros Brígida Baltar, Carlito Carvalhosa, Fabiana de Barros & Michel Favre, José Damasceno, Laura Vinci, Marcius Galan, Marcos Chaves, Paola Junqueira, Paulo Vivacqua e Waltercio Caldas; e oito estrangeiros: Anthony McCall (Inglaterra), Ben Vautier (Itália), Bruce Nauman (EUA), Ceal Floyer (Paquistão) François Morellet (França), James Turrell (EUA), Keith Sonnier (EUA) e Ryan Gander (Inglaterra) (de 01/07/15, às 20h, a 27/09/15).
  • Belenzinho: r. Padre Adelino, 1.000, próximo à estação Belém do Metrô, tel. (11) 2076-9700. Ter. a sáb., 10h/21h; dom., 10h/19h. www.sescsp.org.br

SESC BOM RETIRO

  • Na nova sede no Bom Retiro estão obras do Acervo Sesc de Arte Brasileira. Há trabalhos de Cássio Vasconcelos, Eduardo Coimbra, Rodrigo Andrade, Rubens Gerchman e outros.
  • Bom Retiro: al. Nothmann, 185, tel. (11) 3332-3600. Ter. a sex., 9h/20h30; sáb. 10h/17h30; dom., 10h/17h30. www.sescsp.org.br

SESC INTERLAGOS

  • A mostra retrospectiva “Tudo É Semente” abriga cerca de 500 obras, entre gravuras, esculturas, aquarelas e pinturas, feitas pelo artista Rubens Matuck ao longo de 40 anos de carreira. O trabalho do artista transita entre elaborações conceituais e a produção em antigos ofícios e artesãos, sob processo que aproxima o indivíduo e natureza. Curadoria de Rosely Nakagawa (de 25/04/15 a 12/10/15).
  • A mostra Acervo Sesc de Arte Brasileira traz obras de Denise Millan, Nicolas Vlavianos, João Câmara, Tide Hellmeister, Silvio Dworecki e outros. “Sonhos Gregos” conta com pinturas de John Graz (1891-1980). O projeto artístico e cenográfico “Canto das Artes” foca as atenções para a pintura “Nu”, de Carlos Leão. Eduardo Ver exibe xilogravura (mostras de longa duração).
  • Interlagos: av. Manuel Alves Soares, 1.100, tels. (11) 5662-9500 / 9521. Qua. a dom., 9h/17h. www.sescsp.org.br

SESC IPIRANGA

  • O performer Shima apresenta quinze imagens da série inédita "Japan Standards", realizadas em uma residência artística em Okinawa, entre 2007 e 2008 (de 30/04/15 a 28/06/15).
  • Ipiranga: r. Bom Pastor, 822, tel. (11) 3340-2000. Ter. a sex., 10h/21h; sáb. e dom., 9h/17h. www.sescsp.org.br

SESC PINHEIROS

  • Uma visão contemporânea de Angola, Brasil, Cabo Verde Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal, é o tema da exposição As Margens dos Mares. Selecionados por Agnaldo Farias, doze artistas que refletem sobre questões como memória, espaço e arquitetura a partir de instalações, fotografias, vídeos e objetos, além de encontros musicais inéditos com a presença de músicos dos países convidados. Participam Arnaldo Antunes, Guto Lacaz, Chelpa Ferro, Chiara Banfi e O Grivo (Brasil); Ângela Ferreira, Maimuna Adam e Mauro Pinto (Moçambique); Catarina Botelho, Gabriela Albergaria e Susana Gaudêncio (Portugal) e Kiluanji Kia Henda (Angola). Ações educativas e programação integrada com debates, oficinas, intervenções e exibições de filmes ocorrem no decorrer da expoisição (de 08/05/15 e 02/08/15).
  • Pinheiros: r. Paes Leme, 195, tels. (11) 3095-9400 e 0800-118220. Ter. a sex., 13h/22h; sáb., 10h/21h; dom.,10h/18h30. www.sescsp.org.br

SESC POMPÉIA

  • Marcello Nitsche exibe produção recente (junho).
  • Pompéia: r. Clélia, 93, tels. (11) 3871-7700 e 0800-118220. Ter. a sáb., 9h/22h; dom., 9h/20h. www.sescsp.org.br

SESC SANTANA

  • “Raízes e Asas” é o novo projeto expositivo no Sesc Vitrine, sob curadoria de Nair Benedicto. De março de 2015 a dezembro de 2016, a série recebe trabalhos de sete fotógrafas de diversos Estados brasileiros, com indagações sobre temas como identidade, natureza, raízes, transcendência e violência. Inês Calixto é a primeira fotógrafa participante. O trabalho dela retrata águas e rios e apresenta a conexão existente entre a água e o homem. As imagens retratam cacimbas, açudes secos, mandacarus, pés, mãos e peles castigados pela procura de todos os dias por água. No dia da abertura desta primeira mostra, 10/03/15, às 19h, ocorre o bate-papo “Raízes e Asas – Processos de Criação e Curadoria”, em que a curadora e as fotógrafas participantes expõem suas linhas de trabalhos e os processos de criação das exposições. O projeto Sesc Vitrine torna os vidros dos muros de entrada da unidade do Sesc em uma galeria a céu aberto que funciona 24h por dia (de 10/03/15 a 07/06/15).
  • A artista Stela Barbieri apresenta a segunda edição do Projeto Lugares, composto por “obras oficinas” que propõe um trabalho a ser revolvido e oferece modos de trabalhá-lo como um jogo, com regras, materiais e dispositivos que levam ao público a reflexão, interação e experimento. Na unidade são exibidas as instalações “Lugar de Combinações Líquidas” e “Lugar Para Criar Espaços” (de 09/04/15 a 12/07/15).
  • Como parte do projeto Foyer das Artes, a artista Catarina Gushiken exibe a intervenção “Flor Abrindo”, composta por imagens das Ukiyo-e de Bijingas, figuras de beleza da cultura japonesa. A obra é em formato work in progress e pode ser acompanhada entre 22/04 e 08/05 (exposição de 12/05/15 a 19/07/15).
  • Santana: av. Luiz Dumont Villares, 579, tel. (11) 2971-8700. Ter. a sex., 13h/21h; sáb. e dom., 10h/18h. www.sescsp.org.br

SESC SANTO AMARO

  • A instalação "Lavadeirinha", de Efrain Almeida, reúne representações de pássaros de bronze policromado popularmente conhecidos como lavadeiras, os quais são atraídos pela água. Curadoria de Marcelo Campos (de 25/04/15, às 11h, a 26/07/15).
  • A mostra permanente Acervo SESC de Arte Brasileira ocorre em todas as unidades SESC da capital e do interior. No SESC Santo Amaro podem ser vistas obras de Luis Hermano, José Patrício, Efrain Almeida, Amélia Toledo, João Câmara e Alex Cerveny, entre outros.
  • Santo Amaro: r. Amador Bueno, 505 - Santo Amaro, tel: (11) 5541-4000. Ter. a sex., 10h/21h; sáb. e dom., 11h/18h. www.sescsp.org.br

SESC VILA MARIANA

  • A exposição Fotolivros, Uma Seleção Atual reúne 146 publicações lançadas nos últimos anos por editoras espanholas La Fabrica e PhotoEspaña. Participam Bruno Veiga, Felipe Russo, Iatã Canabrava, Paulo Batalha, Romulo Fialdini, Rosângela Rennó, Axel Hoedt, Gordon Parks, Nathan Been, Trent Parke, Vivian Maier e outros (de 08/04/15 a 14/06/15).
  • Vila Mariana: r. Pelotas, 141, tels. (11) 5080-3000 e 0800-11-8220. Ter. a sex., 7h/21h; sáb. e dom., 10h/18h30. www.sescsp.org.br