destaques
conteúdo
publicidade
supernova
  • A 9ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria recebeu 154 inscrições (queda de 21% no número de inscritos em relação à 8ª edição! A crise chegou pra todo mundo!). As inscrições foram provenientes de 11 Estados mais o Distrito Federal. São Paulo compareceu com 87 artistas, sendo 64 da capital, 15 do interior, 7 da Grande São Paulo e um do litoral. Rio de Janeiro enviou 33 inscritos (28 da capital, três de Niterói, um da Baixada Fluminense e um do interior do Estado). Em seguida, vieram Minas Gerais (11 inscrições, sendo 9 de Belo Horizonte, uma de Nova Lima e outra do interior), Paraná (6, sendo quatro de Curitiba), Distrito Federal (cinco, todos de Brasília), Rio Grande do Sul (4, todos de P
  • Nesta 9ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria, o curador Cauê Alves repetiu o feito do ano passado e foi conquistou novamente o posto de curador preferido pelos postulantes ao Salão, ao ser mencionado por 11 dos artistas inscritos (votação opcional). Agnaldo Farias ficou em segundo lugar com dez indicações. Paulo Miyada e Marcelo Campos vieram em seguida, com oito indicações cada. Mario Gioia foi indicado seis vezes e Eder Chiodetto, cinco. Outros 112 nomes foram mencionados nas fichas de inscrição. A indicação de até três curadores na ficha de inscrição foi opcional e espontânea.
  • A galeria paulistana Zipper repetiu o feito dos três anos anteriores e continua sendo a preferida entre os 154 artistas inscritos agora na 9ª edição do Salão dos Artistas Sem Galeria. A Zipper recebeu 40 votos opcionais e espontâneos. A Casa Triângulo ficou em segundo lugar e obteve 30 menções. Em seguida veio a Vermelho (21 menções); Millan e Mendes Wood DM (12 menções cada), Nara Roesler (10); Luisa Srina (8); Fortes D’Aloia & Gabriel (ex-Fortes Vilaça) e Sancovsky (7 cada). Cada artista poderia indicar três galerias de sua preferência. Outras 33 galerias foram citadas na enquete opcional e espontânea.
  • Gabba Gabba Hey! A artista plástica alemã Hito Steyerl, considerada a personalidade mais poderosa das artes em 2017 pela revista “Art Review”, está entre nós!. Pelo menos em obra, já que seu vídeo “Guards” (2012) está na Trienal Frestas, em cartaz no Sesc Sorocaba. É a primeira vez em 16 anos, que a compilação “The Power 100” tem uma mulher no topo! A galerista Luisa Strina é melhor colocada entre brasileiros (subiu de 57ª em 2016 para 49ª). Com curadoria de Daniela Labra, a mostra “Frestas Trienal de Artes: Entre Pós-Verdades e Acontecimentos” fica em cartaz até 3/12/17. Sorocaba fica a cerca de uma hora e meia da capital... É bem mais perto que Miami, Kassel, Veneza, NY, Londres...
  • Aproveitando o propício tema de sua mais recente edição, “Português”, a jornalista e editora Paula Alzugaray e sua revista “Select” estão em Portugal pra tentar conquistar os territórios do Além Mar! A receptividade foi boa e a revista já pode ser encontrada na especializadíssima livraria Stet, em Lisboa. O lançamento foi simultâneo á abertura da mostra “Potência e Adversidade: Arte da América Latina nas Coleções em Portugal”, curadoria da luso-brasileira Marta Mestre, no Pavilhão Branco e Pavilhão Preto, em Lisboa, em cartaz até 7/1.
  • O circuito das artes (e o Centro de São Paulo) sofreu mais um golpe! A loja de materiais artísticos Casa do Artista fechou as portas de sua filial na r. Major Sertório, 447, na Vila Buarque. De agora em diante só atende nos Jardins (al. Itu, 1.012) ou no site www.acasadoartista.com.br.
  • A conta no Instagram do portal Mapa das Artes (www.instagram.com/mapadasartesoficial/) atingiu hoje, 27/10/17, sexta-feira, a marca de 6.000 seguidores. São mil novos seguidores em menos de dois meses! E isso sem fazer qualquer campanha no Google pra bombar assinaturas ou comprar lista de assinantes...
  • Aqui não tem Chanel 1. Talvez apenas Erika Palomino e o editor do Mapa das Artes se lembrem disso, mas há exatos 18 anos, em outubro de 1999, nossa eterna diva clubber, dona da coluna “Noite Ilustrada” (Folha de S. paulo), lançou o livro “Babado Forte -Moda, Música e Noite”, pela Editora Mandarim. A capa e o projeto gráfico são de Pinky Wainer.
  • Hoje, 28/10, é dia do “magnânimo” São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis e um dos mais venerados em toda a Igreja Católica. Irmão de São Tiago e primo de Jesus Cristo, era parecido com este último tanto na aparência física quanto na fé e seu nome significa “Deus seja louvado”. São Judas Tadeu foi apóstolo de Jesus Cristo junto com São Simão, ao lado de quem professou a fé em Cristo. Foram martirizados e mortos no mesmo dia e suas relíquias estão no altar da Basílica de São Pedro, no Vaticano. São Judas e São Tiago são celebrados no mesmo dia.
  • Aqui não tem Chanel 2. O livro é sobre a “vida loca” nas noites de São Paulo entre 1990 e 1999, mas o povo das artes estava todo lá, a começar por Andy Warhol (citado em epígrafe) e depois vem os brasilieros até hoje envolvidos nas artes, a saber: Celso Fioravante, Carlito Contini, Duilio Ferronato, Paulo Sampaio, Mario Cesar Carvalho, Ricardo Trevisan e mais um monte de gente!