destaques
conteúdo
publicidade
supernova
  • A artista plástica Lina Wurzmann não faz mais parte da organização da Feira Parte. De acordo com a ex-sócia Tamara Perlman, Lina continua a atuar pontualmente na feira, como fez recentemente na edição do evento em Belo Horizonte. A feira paulistana continua sob direção Carmen Schivartche e Tamara Perlman.
  • A edição 2019 da feira SP-Arte já tem data marcada. Acontece entre 3 a 7/4.
  • A querida amiga do Mapa das Artes Sohie Su acaba de informar que, depois do Mapa das Artes São Paulo e do Mapa das Artes Rio de Janeiro (este último já extinto; ambos editados aqui em São Paulo pela Rex Textos), Mapa de las Artes Buenos Aires e Mapa de las Artes Bogotá (duas produções de nossos queridos vizinhos do Mercosul), surge agora a primeira versão européia: o Mapa das Artes Lisboa (http://mapadasartes.pt)
  • Terra à vista! O artista plástico Hildebrando de Castro almoçou hoje, 10/5, com Paulo Kassab Jr., VIctoria Zuffo e Felipe Hegg, os três sócios da Galeria Lume!
  • A organização sem fins lucrativos Faena Art, de Buenos Aires, concedeu à artista mineira radicada em Copenhague Tamar Guimarães e a seu parceiro dinamarquês Kasper Akhøj o prêmio de US$ 75 mil, que visa financiar a experimentação artística da dupla. Para a proposta vencedora, a dupla projetou um teatro imersivo para um “micro musical”. O projeto vai estrear no Faena Arts Center em Buenos Aires em 2019.
  • O curador e crítico alemão Hans Ulrich Obrist será o co-organizador do festival Reference Berlin, um evento multidisciplinar que mistura arte, moda, design e tecnologia, que acontecerá em outubro na casa noturna Berghain, em Berlim. O festival de 24 horas é fundado pela revista de cultura 032C, Maria Koch e Thom Bettridge, o CEO da comunicação Mumi Haiati e pelo galerista Robert Grunenberg.
  • O primeiro museu inteiramente dedicado à arte palestina foi inaugurado em Woodbridge, Connecticut, nos EUA. A mostra de inauguração conta com obras de Ayed Arafah, Maher Naji e Mohammad Khalil. O museu inlcui ainda um mural memorial dedicado às vítimas palestinas dos conflitos com Israel.
  • "Um título é uma nota promissória num bolso. Às vezes, um título encosta de leve numa vista relembrada ou é uma conversa entreouvida, uma linha de inventário, uma melodia favorita, uma rua. Às vezes, é uma provocação, a reinvidicação de um espaço partilhado com uma pessoa que tem importância para mim. Às vezes, é uma pedra atirada na direção oposta para distrair a atenção. Dar nome a uma obra é o primeiro passo para deixá-la partir, abrindo espaço para um novo início” (Edmund de Waal, em “O Caminho da Porcelana – A Jornada de uma Obsessão” (Editora Intrínseca).
  • O financiamento coletivo organizado na plataforma Benfeitoria para trazer a censurada exposição “Queermuseu” à Escola de Artes Visuais Parque Lage, no Rio de Janeiro, ultrapassou de longe a meta de R$ 690 mil necessária à realização da mostra sobre diversidade sexual e de gênero. Os 1.677 amantes das artes, da Cultura, do Rio de Janeiro, da democracia e do Brasil se mobilizaram e arrecadaram R$ 1.081.156,00. O valor excedente será usado em atividades paralelas à mostra, mas também poderia ser direcionado para outras atividades relevantes do nosso amado e idolatrado Parque Lage! Chupa Santander!!!
  • A imagem de Beto, o rabugento e adorável astro da Vila Sésamo, observando a polêmica pintura “A Origem do Mundo” (1866), de Gustave Courbet (1819-1877), no Museu de Orsay, em Paris, bateu o recorde de likes do instagram do Mapa das Artes (www.instagram.com/mapadasartesoficial). A imagem já recebeu 607 curtidas em dois dias de exibição. O recorde anterior era do artista ativista chinês Ai Weiwei (1957) durante manifestação contra a censura no vão livre do Masp em 20/10/17, com 521 curtidas,